Ouvindo, Aprendendo e Aplicando a Palavra de Deus

“Desvia de ti a falsidade da boca e afasta de ti a perversidade dos lábios”. Pv. 4:24

 “Não declines nem para direita nem para esquerda”; retira teu pé do mal.”

Pv. 4:27

 “Não desampares a sabedoria, e ela te guardará”; ama-a, e ela te protegerá.”

Pv. 4:6

 “Adquire a sabedoria, adquire o entendimento e não te esqueças das palavras da minha boca, nem delas te apartes.” Pv. 4:5

 “Retém a instrução e não a largues; guarda-a, porque ela é a tua vida”. Pv. 4:13

 “Não te desamparem a benignidade e a fidelidade; ata-as ao teu pescoço; escreva-as na tábua do teu coração”. Pv. 3:3

 “Confia no Senhor de todo o teu coração e não te estribes no teu próprio entendimento”. Pv. 3:5

 “O caminho para a vida é de quem guarda o ensino, mas o que abandona a repreensão anda errado”. Pv. 10:17

 “Os lábios do justo apascentam a muitos, mas, por falta de senso morrem os tolos”. Pv. 10:21

 “O que ajunta no verão é filho sábio, mas o que dorme na sega é que envergonha”. Pv. 10:5

“Quem anda na integridade anda seguro, mas o que perverte os seus caminhos será conhecido”. Pv. 10:9

 “O ódio excita contendas, mas o amor cobre todas as transgressões”. Pv. 10:12

 “Para o insensato, praticar a maldade é divertimento; para o homem inteligente, o ser sábio”. Pv. 10:23

 “Nos lábios do prudente, se acha sabedoria, mas a vara é para as costas do falto de senso”. Pv. 10: 13

 “Bem-aventurados os irrepreensíveis no seu caminho, que andam na lei do Senhor”. Sl. 119:1

 “Guardo no coração as tuas palavras, para não pecar contra ti”. Sl. 119:11

 “Desvenda os meus olhos, para que eu contemple as maravilhas da tua lei”. Sl. 119:18

 “A minha alma, de tristeza, verte lágrimas; fortalece-me segundo a tua palavra”. Sl. 119:28

 “Dá-me entendimento, e guardarei a tua lei; de todo o coração a cumprirei”. Sl. 119:34

 “Não tires jamais de minha boca a palavra da verdade, pois tenho esperado nos teus juízos”. Sl. 119: 43

 “A terra, Senhor, está cheia da tua bondade; ensina-me os teus decretos”. Sl. 119:64

 “As tuas mãos me fizeram e me afeiçoaram; ensina-me para que aprenda os teus mandamentos”. Sl. 119:73

 “Baixem sobre mim as tuas misericórdias, para que eu viva; pois na tua lei está meu prazer”. Sl. 119:77

 “Desfalece-me a alma, aguardando a tua salvação; porém espero na tua palavra”. Sl. 119:81

 “Não fosse a tua lei ter sido meu prazer, há muito já teria eu perecido na minha angústia”. Sl. 119: 92

 “Quão doces são as tuas palavras ao meu paladar!. Mais que o mel à minha boca “. Sl. 119:103

 “Lâmpada para os meus pés é a tua palavra e luz, para os meus caminhos”. Sl. 119:105

 “Aceita, Senhor, a espontânea oferenda dos meus lábios e ensina-me os teus juízos”. Sl. 119:108

 “A revelação das tuas palavras esclarece e dá entendimento aos simples”. Sl. 119: 130

 “Pequeno sou e desprezado; contudo, não me esqueço dos teus preceitos”. Sl. 119:141

 “A tua justiça é justiça eterna, e a tua lei é a própria verdade”. Sl. 119:142

 “Viva a minha alma para louvar-te; ajudem-me os teus juízos”. Sl. 119:175

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Estiveram aqui

  • 100,357 pessoas!
%d bloggers like this: